Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Isaías no Benfica!


Primeira Liga 2017/18



Fim de linha

por Admirador do Isaías, em 26.10.15

Houve tolerância, houve tempo, houve espaço. Não foram respondidas com competência, nem tão pouco com vontade. A resposta foi um amorfismo, um 4-2-4 e pontapé para a frente quando não nos deixam sair a jogar como lhe parece bem no papel. Já o cérebro tinha dificuldade com isso, é certo, mas ao menos tinha algum tipo de estratégia para tentar tornear o problema. Rui Vitória perdeu hoje o crédito perante os adeptos do Sport Lisboa e Benfica porque demonstrou que nem sequer um plano A consegue implementar bem e competentemente, quanto mais ter um plano B. A equipa ora demonstra não ter estratégia (saber o que fazer à bola e que movimentos encetar perante o que lhe vai aparecendo) ou ter frequentemente demais a estratégia errada (pontapé para a frente).


Eu já tinha criticado Rui Vitória e já o tinha elogiado, em ambos os casos, meritoriamente. No entanto, aquilo que se viu ontem, naquele que era O JOGO e não apenas mais um derby, foi pior que a primeira parte do jogo com o Estoril ou que o jogo com o Arouca ou que grande parte do jogo com o Moreirense. Foi pior porque não houve sequer um plano para contrariar a única, repito, ÚNICA forma que Jorge Jesus sabe pôr as suas equipas a jogar - a questão é que o actual treinador do Sporting o faz COMPETENTEMENTE. Sofre-se um golo pela ausência de apoio defensivo no meio campo, provocando erros a sair a jogar! Sofre-se outro permitindo todo o tempo do mundo a um jogador para chegar primeiro a uma recarga, quando tinha de estar o lateral direito nas imediações, precisamente para cobrir a zona do guarda redes! Incompetência em situações BÁSICAS!


Quando a primeira palavra de Rui Vitória após o jogo não é "perdão", perde todo o crédito perante os Benfiquistas. Devia ter pedido perdão às dezenas de milhares de adeptos e sócios que pagaram bilhete para encher a Luz e aos milhões de adeptos e sócios em Portugal e pelo mundo fora que assistiram ao jogo pela BTV ou através do "canal Inácio" - todos eles amam o Benfica e reservaram as suas almas e corações para aqueles 90 minutos!


Não aceito que me falem na arbitragem (apesar de ser certo que não foi assinalado um penalty ainda com 0-0) quando a produção da equipa foi zero. Pontapé para a frente em disposição 4-2-4 com linhas, ainda por cima, bem afastadas, é igual a zero futebolisticamente. Se era esta a ideia de jogo, então porquê Mitroglou no banco? Se era para o pontapé para a frente, porque ter o melhor cabeceador e o jogador de maior robustez física no banco? Nem isso?

 

Não aceito que me falem em mau plantel porque temos jogadores para não sair goleados em casa com uma equipa que empatou com Paços de Ferreira e Boavista. A questão de fundo é o vazio estratégico e táctico, não a qualidade dos intervenientes que, podendo sempre ser bem melhorada, é mais que suficiente para muito, MUITO melhor.


A vitória em Madrid foi uma oportunidade de ouro que o treinador teve de conquistar o grupo, puxá-lo para si, para mais competentemente transmitir as suas ideias. Foi uma oportunidade falhada, vê-se, naquilo que foram os jogos na Turquia e, agora, no derby.


No entanto, a minha crítica a Rui Vitória não esquece as circunstâncias em que chegou ao clube. Não esquece a responsabilidade de Vieira. Tal como escrevi durante este verão quente, urge que surjam alternativas válidas a Vieira para as próximas eleições, dado que ele é incapaz de entregar a autonomia da pasta do futebol a quem realmente é competente e percebe da poda. Não consegue porque tem muito a ganhar com o futebol do Benfica. Valorizar o Seixal? Excelente ideia, mas só depois de se retirarem os interesses todos que de lá comem, incluindo ele próprio.
Mais que uma alternativa a Rui Vitória, que urge, há que encontrar uma alternativa a Vieira ou que o próprio Vieira encontre, para o futebol, uma alternativa a si mesmo (como quando José Veiga tomou conta da pasta e trouxe Trapattoni, para nos dar o primeiro título pós coveiro Damásio).


A História do Sport Lisboa e Benfica é feita de trabalho, competência e coração. Perder um Benfica-Sporting é sempre possível e acontece. Perder sem trabalho (ausência de estratégias para contrariar o adversário), competência (incapacidade para impor qualquer tipo de ideia activa na partida) e coração (o desequilíbrio emocional revelado pelos jogadores) é imperdoável e inadmissível. Não, não estou clamando "a quente", nem tão pouco precipitado. O melhor Rui Vitória demonstra ser pior que Camacho, Koeman, Fernando Santos, Quique Flores e que a pior versão de Jorge Jesus. O mérito de Madrid, que podia ter usado como alavanca para si mesmo no clube e perante os jogadores, esgotou-o ontem, mesmo que demore a época toda a sair, pois demonstrou ter sido um resultado ao acaso e não fruto de um trabalho competente.

Ainda assim, repito, ele não deve ser o bode espiatório de Vieira que, na minha opinião, sabotou deliberadamente o futebol do clube em prol do seu poder e dos seus negócios.

Inaceitável: Fim de linha, para um e para outro!

 

 

  Leia uma análise mais factual à partida, por Eu visto de Vermelho e Branco, aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado às 08:33




10 comentários

De RM a 26.10.2015 às 09:19

Este jogo veio simplesmente confirmar a falta de competência gritante de Rui Vitória para treinar o Benfica. Mais do que a derrota( que acontece) foi a falta de ideias, de intensidade, de tudo. Uma equipa como o Benfica não pode viver exclusivamente de dois jogadores. Nem vou entrar muito em pormenores de táctica, até porque isso não existiu da nossa parte.

Mais de que este presente doloroso preocupa-me o futuro da nossa equipa.

Uma palavra para o nossos adeptos que estiveram fantásticos.

Sou do benfica e isso me envaidece!

De Admirador do Isaías a 26.10.2015 às 09:34

Caro RM,

A força do Benfica demonstra-se no elogio e na crítica. O minuto 72 foi o minuto Eusébio, pelo que foi um momento tremendo, sem dúvida.
Ainda assim, há que recuperar o tribunal do terceiro anel. Nem só de palmas vive um clube e os seus intervenientes.

Cumprimentos,
Isaías

De Flic Flac a 26.10.2015 às 10:46

Por enquanto, limita-te ao Vieira. Pede-lhe contas das contas, pede-lhe contas dos anos de filiação, pede-lhe contas do desmantelamento da equipa, pede-lhe contas do albergue de ex ou ex-pseudo críticos que parasitam eplo clube, pede-lhe contas porque razão tantos funcionários (nossos funcionários) tratam os sócios como se lixo se tratasse, pede-lhe contas sobre o que são as casas do Benfica (muitas delas verdadeiros antros que mancham o nome do clube ou inexistentes fisicamente e porque é que elas valem mais votos do que os sócios, etc., que já é um manancial...

De Admirador do Isaías a 26.10.2015 às 11:05

Caro Flic Flac,

Posso eu e podemos nós pedir-lhe contas disso tudo, mas tal não muda o objecto deste post, que é outro: a incompetência de Rui Vitória na forma como preparou a equipa para O JOGO.

Tudo isso que refere é importantíssimo, mas não justifica nem iliba a incompetência que referi.

Cumprimentos,
Isaías

De slb1958 a 26.10.2015 às 10:46

Estrutura 0 JJudas 2. Penso que está na hora de contratar outra estrutura.

De Anónimo a 26.10.2015 às 10:49

Plenamente de acordo.

O que mais me preocupa não é perder o jogo, ainda o ano passado em oposição ganhamos assim um jogo (no dragão), onde não teremos sido os melhores, mas ganhámos.

Perder um derbie em casa, embora pouco comum, é sempre um resultado possível.

Agora, uma equipa bicampeã, com uma "super estrutura", anda à 8ª jornada sem "fio de jogo", sem qualquer consistência de jogo, desarticulada defensivamente, sem quaisquer rotinas ofensivas e principalmente mentalmente arrasada (viu-se pela cabeça perdida dos jogadores), isso sim é muito preocupante e nem nos tempos dos Quiques, dos Camachos, dos Koeman's, dos Fernandos Santos e outros tantos...

Eu não esqueço a quantidade de aventureiros que tanto desvalorizaram e até louvaram a saída de JJ, com um plantel moldado às suas ideias, em sintonia com o seu modelo de jogo e com rotinas de 6 anos...

Tal aventura tinha tudo para correr mal e está a constatar-se...

Agora é chorar sobre o leite derramado...

De BENFICA365 a 26.10.2015 às 12:00

E você meu amigo diz tudo a partir daqui:
«A questão de fundo é o vazio estratégico e táctico, não a qualidade dos intervenientes que, podendo sempre ser bem melhorada, é mais que suficiente para muito, MUITO melhor»

A primeira palavra de Rui Vitória após o jogo de ontem seria certamente Perdão / pedido de desculpa seguida da apresentação da sua demissão.

Saudações Gloriosas

De Admirador do Isaías a 26.10.2015 às 17:37

Absolutamente, caro Benfica365.

Tinha de ter vergonha na cara e assumir o problema ele próprio e resolvê-lo enquanto ainda há tempo.

Abraço,
Isaías

De Paulo Lisboa a 28.10.2015 às 21:12

Caro Isaías, de um modo geral concordo com o que escreveu.
Em relação ao LFV pense no estado em que estava o SLB antes do LFV pegar nele, temos de reconhecer que de um modo geral tem feito um bom trabalho, à excepção de ter deixado sair o Jesus.
Quanto ao Rui Vitória, acho que está a ser excessivamente duro com ele. Rui Vitória é bom treinador e fez um bom trabalho por onde passou. E repare que o SLB até já jogou bem com ele, dou exemplos: Os 20 minutos finais dos jogos com o Estoril e Moreirense , o jogo com o Belenenses, a 1.º parte do jogo com o FCP e o jogo de Madrid. Rui vitória tem é que estabilizar a equipa, dar-lhe solidez, criar rotinas de jogo e fio de jogo e ainda e não menos importante, arcaboiço psicológico para reagir às adversidades.
Se Rui Vitoria conseguir pôr a equipa a jogar sempre como nesses períodos que atrás referi, nada estará perdido e tudo será possível.

De Admirador do Isaías a 28.10.2015 às 21:36

Caro Paulo Lisboa,

Quanto a Vieira, peço que leia o post seguinte:

http://aocolinhodoisaias.blogs.sapo.pt/e-se-for-essa-a-intencao-e-proibido-no-8486

O Benfica precisou de Vieira e Vieira fez o que soube e pôde. No entanto, o que o Benfica precisa agora, após o seu trabalho feito, é de outra coisa, de outra liderança.

Quanto a Rui Vitória, olhando para trás, parece-me que o Benfica só jogou bem quando as equipas adversárias cederam psicologicamente. Sendo fraco do ponto de vista mental, a equipa liderada assim, a não ser que algo mude radicalmente (e só desejo que sim!), desmoronar-se-á novamente mal seja posta sob pressão de futuro.

Cumprimentos,
Isaías

comentar



Admirador do Isaías

foto do autor


O verdadeiro Isaías!


Petição


Isaías celebra o TRI!


Rui Vitória


Campeões Eternos


Cosme Damião


Fehér, eterno 29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog