Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Isaías no Benfica!


Primeira Liga 2017/18



Novelas à parte, um Grande joga assim

por Admirador do Isaías, em 16.03.15

Estreia-se este espaço de remates do Isaías pelo e sobre o Sport Lisboa e Benfica com uma análise ao encontro importantissimo deste sábado, no Estádio da Luz, diante do Sporting Clube de Braga.

Como tem sido habitual esta época, este jogo começou muito antes das 17 horas do dia 14. Começou nos jornais, na internet, nos videos distribuidos pelos "Facebooks" e afins, mas começou também nas "bocas" mais ou menos infelizes atiradas pelas várias partes interessadas no mesmo. O SL Benfica está em primeiro, apesar das limitações no plantel que são conhecidas (especialmente em comparação com a época anterior), pelo que o circo à sua volta, cada vez que joga, é ainda maior. Ainda para mais tratando-se do SC Braga, que tem demonstrado genuínas ambições de progredir em direcção aos três maiores clubes, tendo contado tanto com parcerias com o SL Benfica como com o FC Porto para se posicionar desse modo, estando, pelo menos a nível futebolistico (pois não é de todo comparável no que concerne ao número de sócios e adeptos), a ameaçar a posição de um Sporting Clube de Portugal que parece afundar-se até institucionalmente e que nunca conseguiu fazer uso do bom trabalho construtivo que teve durante algumas épocas, por falta de paciência (não do Domingos, daquela outra).

Como disse, o jogo começou muito antes do apito inicial. António Salvador, a seguir ao jogo com o Porto, no qual um Braga muito contido saíu derrotado por 0-1, disparou na direcção do líder do campeonato (mas mais na direcção do seu próprio balneário e treinador), dizendo que tudo iriam fazer para vencer na Luz na jornada seguinte. Muito se falou sobre isso, acusando-se o Braga de anti-Benfiquismo e pró-Portismo - acusações que são, apenas parcialmente, fundamentadas. O SC Braga não tem, a meu ver, nem uma coisa nem a outra, tem é ambição; tem de se movimentar entre os dois maiores clubes da actualidade e fazer um jogo diplomático que tente agradar a Gregos e Troianos, ao mesmo tempo que se vai afirmando em Portugal e tentando ganhar alguma experiência e visibilidade europeia também, tendo já feito excelentes campanhas europeias há umas épocas atrás. António Salvador até pode ser portista ferrenho, acredito que o seja, mas ele sabe que não pode excluir o SL Benfica das suas boas relações se quer continuar a ver o SC Braga a crescer. Uma coisa é a esfera pessoal, outra é a institucional. A meu ver, quer se considere que as palavras de António Salvador foram escolhidas com infelicidade ou que foram os jornalistas quem fizeram delas controversas, o presidente do Braga quis foi não deixar que a sua equipa entrasse em declínio futebolistico depois de se ter colocado em tão excelente posição. Mal ou bem, estiveram quase a conquistar um ponto em casa e perderam perto do fim. Com um jogo no Estádio da Luz ali tão próximo, é óbvio que o seu discurso externo se tratou de um clamor interno para não deixar que a sua equipa e o seu treinador desanimassem. Qualquer equipa com ambição deseja ganhar ao SL Benfica, por ser o maior e melhor clube, o exemplo Português do que é SER um gigante (mais que parecer) e o Braga não é excepção.

Rui Gomes da Silva ou foi extemporâneo na sua resposta, por ter confundido o discurso interno nos "media" com o discurso externo, ou foi astuto e "malandro". Ou confundiu o pessoal com o institucional ou entendeu o estado actual da equipa bracarense e lançou o dardo. O que transpareceu na comunicação social foi que o Presidente do SC Braga tinha dito a todo o SL Benfica que tudo ia fazer para os fazer perder o campeonato, quando o que ele fez foi dizer à sua equipa para tudo fazer para ganhar aos Campeões, dado que estiveram tão perto de empatar em casa com os Terceiros. Rui Gomes da Silva feriu, com ou sem intento, o orgulho de um clube em ascensão e de uma equipa que estava a perder forma. Por isso é que Sérgio Conceição reagiu daquela maneira. Até pode ter-se sentido, genuinamente, ofendido com o que fora dito implicitamente, mas a sua reacção denotou que ele percebeu que o fraco jogo do Axa (no qual quase saía com um ponto, ainda assim) foi fruto de um declínio de forma na sua equipa - talvez fruto da pressão do que se começa a exigir deste SC Braga. Ele sentiu que aquelas palavras só iriam prejudicar a recuperação psicológica e até física que ele queria fazer na equipa para se apresentar competitivo na Luz.

Depois, António Salvador tentou aparar o golpe, virando, pouco elegantemente, o "bico ao prego" e afirmando que o acusador até era sócio do SC Braga e que as suas palavras só iriam motivar a equipa para ganhar no Estádio da Luz. Esta resposta visava precisamente o mesmo que as suas primeiras declarações: tentar inverter, através de uma grande exibição e, talvez, resultado perante os Campeões em título e líderes do campeonato, o momento de forma da equipa.
Contas feitas, Rui Gomes da Silva ganhou a parada, especialmente pelo quanto conseguiu desestabilizar o treinador Sérgio Conceição. Não foi, no entanto, uma atitude institucional apropriada, pelo menos no que se refere aos valores do Sport Lisboa e Benfica - há outros clubes onde isso seria visto até como uma atitude louvável.
Não sendo grande apreciador de Luís Filipe Vieira, pessoalmente, compreendo a boa recepção que foi dada a António Salvador. Afinal, há que ter presente que não é só o SC Braga que tem beneficiado com as boas relações com o SL Benfica. O próprio Benfica já fez boas contratações em Braga e, como se sabe que a bolsa vai apertar nos próximos anos, provavelmente terá oportunidade de fazer mais e a um preço mais acessível que ir ao estrangeiro.

Apareceram também, e como é costume, as dúvidas em relação à neutralidade do árbitro - um pouco provocado pelo próprio, naquilo que é uma irresponsável utilização de uma rede social nas vésperas de um jogo já de si bem "aquecido". Enfim, estava tudo montado para uma grande assistência televisiva e, claro está, uma lotação esgotada na Catedral - tal só não aconteceu porque o SC Braga, apesar de, como referi, futebolisticamente ter vindo a aproximar-se dos "três grandes", ainda lhe faltam sócios e adeptos para "dar o salto". Cerca de 500 adeptos numa partida perante o primeiro, com a equipa ocupando o quarto lugar, é muito, muito pouco para um clube grande.


Perante estas novelas todas, lá se desenrolou o jogo - e que jogo! Que exibição do Sport Lisboa e Benfica, levado cada vez mais ao colo pela Onda Vermelha! Um SC Braga fragilizado psicologicamente não conseguiu soltar-se. Perdia a bola rapidamente diante da ambição e agressividade do meio campo Benfiquista e encontrava-se, continuamente, em postura defensiva. Quando tentou soltar-se, resumiu-se, insistentemente, à procura da velocidade de Pardo, na tentativa de explorar as debilidades defensivas de Eliseu. Só que até o açoreano esteve concentradissimo, quase sempre na antecipação, usando mais inteligentemente do que se tem visto o seu posicionamento defensivo para secar o seu flanco. Até deu para se aventurar lá à frente e aparecer, após algumas tentativas, para fazer o golo da tranquilidade.
Jonas demonstra jogo após jogo que é um avançado muito acima da liga Portuguesa e que representa o melhor negócio do SL Benfica deste século XXI, atrevo-me a dizer. Um jogador dispensado por um clube que tinha acabado de gastar mais de meia centena de milhões de Euros a reforçar-se precisamente no Sport Lisboa e Benfica, que chega e imediatamente se sobressai, pela visão de jogo, pela técnica, pelo sentido posicional e, claro está, pelos golos.


Nico Gaitán é o astro deste campeonato e que é muito melhor quando ocupa os espaços da posição 10 que os de extremo - e é, ainda assim, um dos melhores extremos deste campeonato, se não o melhor.
Sálvio apareceu quando se lhe pedia, sem medo, com raça, com a vontade de transportar a bola que se lhe reconhece.
Samaris foi uma parede no meio campo, contando com Pizzi para lhe dar sempre uma linha de passe para a frente, quando precisou. Maxi foi Maxi, o que é sempre imenso e o Luisão Capitão esteve tranquilo ao lado do seu comparsa Jardel. Lima foi importante na movimentação da equipa, mas começa a revelar algumas lacunas psicologicas perante as exibições de luxo de Jonas. Posso estar enganado, mas dá-me a ideia que o Lima fica nervoso em demasia quando Jonas brilha. Uma situação a acompanhar.

Em resumo, o SC Braga jogou, portanto, ainda pior que no Axa e perante uma equipa do SL Benfica que jogou muito mais que o FC Porto nessa partida. Confirma-se a quebra de forma nesta equipa, que agora parece ter visto o terceiro lugar fugir-lhe de vez - a não ser que se assista a novo cataclismo para os lados de Alvalade.
Para o Sport Lisboa e Benfica, as más notícias são a exclusão de Gaitán para a visita a Vila do Conde, mas já vencemos equipas em melhor momento sem a magia do Argentino.

Para continuar a vencer, a equipa do Sport Lisboa e Benfica tem de continuar a ser levada ao colinho pelos Benfiquistas...

isaias2x4zs0.gif

 e pelo Isaías! :-)

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado às 13:16




10 comentários

De Dr. Chozé Pablito a 16.03.2015 às 14:04

Caro Isaías, parabéns por dar ao mundo mais um blog Benfiquista! Nunca serão demais e poucos são os que possuem um escriba do seu calibre. Espero que seja cada vez mais visitado pelos companheiros benfiquistas, já que a sua opinião, por ser bastante equilibrada, sensata e madura, decerto contribuirá para adeptos cada vez mais esclarecidos e cientes do que está em jogo.

Longa vida ao Colinho do Isaías!

Cordiais saudações,

Dr. Ghozé Pablito

De Admirador do Isaías a 16.03.2015 às 14:12

Caro Dr. Ghozé Pablito,

Fico muito agradecido pelas suas palavras de apreço e pelo incentivo.

A ver vamos se as minhas modestas opiniões terão alguma utilidade, pelo menos espero que sim.

Seja sempre bem vindo!

Consideradamente,
Isaías

De Nelson Carvalho a 16.03.2015 às 14:55

Caro Isaias,

Antes de mais, desejo as maiores felicidades neste start-up blog, que já está adicionado nos favorites.

Um post lucido e claro sobre o que se passou apenas com uma ligeira incorreção: 500 não era seguramente o nº de adeptos do braguilha...se lá estivessem 200 já eram muitos!!!

VIVA O SL BENFICA SEMPRE

De Admirador do Isaías a 16.03.2015 às 15:09

Caro Nélson,

Grato pelo incentivo!

Fica a correcção ao número de adeptos do SC Braga na Luz este sábado. Por acaso temos já números "oficiais" quanto aos mesmos? Por curiosidade.

Consideradamente,
Isaías

De Silvestre a 16.03.2015 às 15:54

Parabéns...artigo muito bem escrito. Espero que seja prestigiado por muitos benfiquistas...cá estarei.

Votos de sucesso

De Admirador do Isaías a 16.03.2015 às 16:10

Grato, caro Silvestre!

Seja sempre bem vindo!

Cordialmente,
Isaías

De Fernando Silva a 17.03.2015 às 02:22

Excelente estreia.Os meus parabéns.

De Admirador do Isaías a 17.03.2015 às 08:39

Grato, caro Fernando!

De BENFICA365 a 17.03.2015 às 09:52

Longa vida AO COLINHO DO ISAÍAS.

Gloriosas saudações!

De Admirador do Isaías a 17.03.2015 às 11:39

Grato, meu caro! :-)

comentar



Admirador do Isaías

foto do autor


O verdadeiro Isaías!


Petição


Isaías celebra o TRI!


Rui Vitória


Campeões Eternos


Cosme Damião


Fehér, eterno 29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog