Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Isaías no Benfica!


Primeira Liga 2017/18



O nevoeiro de uma reflexão maior

por Admirador do Isaías, em 05.10.15

O jogo entre o União da Madeira e o Sport Lisboa e Benfica foi adiado devido ao denso e persistente nevoeiro. Muitos se insurgiram em relação a tentar jogar-se na Choupana, sim, mas há aqui questões que vão bem mais fundo e que acabaram por se tornar numa reflexão maior.

Em nenhuma liga de elite ocorre o empréstimo dos estádios e não me parece nem coerente nem justo que se recorra a esse meio, excepto em casos de força maior, claro.

Dea Court, Bournemouth - capacidade: 11.700
Dean Court, Bournemouth - capacidade: 11.700


Não vemos o Bournemouth deixar de jogar no pequeno (comparativamente) estádio que é seu historicamente para pedir emprestado um recinto maior quando recebe os grandes clubes da Premier League . Nem é permitido, normalmente, nem é justo que o façam. Investir num clube não é só arranjar uma equipa e tentar competir, é ter infra-estruturas . E se há clube que sempre, ao longo da sua História, teve nos seus sócios a profunda compreensão da importância das infra-estruturas para o crescimento do clube, esse foi o Sport Lisboa e Benfica.

É claro que isso traz-nos a outro ponto importante, relativamente à organização da nossa Primeira Liga: é que esta é suposto albergar a elite do nosso futebol. No entanto temos 18 equipas das quais apenas 10 (e já estou a ser simpático) têm qualidade para jogar futebol ao mais alto nível. As outras vão sobrevivendo, com dificuldade, muito anti-jogo , muito suor, sim, mas pouco futebol.

Numa altura em que a polémica em torno da venda dos direitos televisivos da Liga, promete estalar mais dia, menos dia, deve olhar-se para a redução do número de equipas na nossa Primeira Liga. Elite é elite. Quem lá está merece pelo futebol e não apenas porque é menos mau que os outros que desceram. 10 equipas, digo eu, com 4 voltas, 36 jogos no total. As maiores ligas da Europa têm 38 jogos numa época, não é dramático.

Mais: afirmo que é essencial que se determine quais são os mínimos de condições necessárias para que um estádio seja registado como recinto de um clube da Primeira Liga. Quem não apresenta estádio em condições, não pode participar. Não basta ter equipa, há que ter local condigno para a alojar. Se há aluguer de outro estádio, então esse que seja por toda uma época desportiva, sob a premissa de que o clube em questão terá de encontrar uma solução permanente, se quer permanecer na Primeira Liga.
Adicionalmente, terá, também, de ser proibida a instalação de bancadas temporárias. Bancadas, só permanentes e com as devidas condições.

Se isto acontecesse, ver-se-ia quais são os clubes que estariam dispostos a investir não só na construção de uma equipa que "fosse chegando" para os primeiros dos últimos, mas em verdadeiramente crescer como instituição, como clube de futebol.


Quem não quisesse, teria de contentar-se com, no máximo, a Segunda Liga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado às 16:03





Admirador do Isaías

foto do autor


O verdadeiro Isaías!


Petição


Isaías celebra o TRI!


Rui Vitória


Campeões Eternos


Cosme Damião


Fehér, eterno 29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog