Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Isaías no Benfica!


Primeira Liga 2017/18



Pensamentos sobre o fim de semana

por Admirador do Isaías, em 25.04.17

Sporting - Benfica:

Jogo condicionado pelo erro do Ederson (que já tantos pontos nos deu), mas em que se sentiu que a nossa equipa esteve sempre em jogo, deixando vincada a vontade de ser campeã, mesmo contra a mentira, a farsa e o ódio. Lindelöf tirou um coelho da cartola (parecia o nosso Pablito Aimar!) e colocou alguma justiça no marcador. Justo teria sido a vitória, mas do outro lado também jogam. Duas grandes penalidades perdoadas ao Sporting (considero que a terceira seria um pouco forçada, pois se tudo o que fosse braço no ombro fosse falta, o jogo estaria sempre parado), mas o importante foi notar que a equipa não se desmanchou com essas falhas de arbitragem. Manteve-se sempre focada e emocionalmente estável.

Faltam quatro jogos e teremos de manter a mesma dedicação, a mesma vontade e a mesma concentração, pois vêm aí adversários muito difíceis.

 

UEFA Youth League, Benfica - Salzburgo:

Depois de todo o esforço para ultrapassar uma grande equipa do Real Madrid, deparámo-nos com o carrasco do Barcelona e percebemos o motivo desse feito, tendo-o também sofrido. Esta equipa Austríaca apresentou uma capacidade física incrível e compensa as suas lacunas técnicas com uma entrega enorme que dura o jogo todo. Cada vez mais se vê que a componente física voltou a ter uma preponderância grande no futebol. Aprenda-se e aplique-se.

Claro que nos faltou aquela pontinha de sorte. Contudo, conforme escrevi num post anterior, a sorte costuma favorecer aqueles que mais se entregam à superação do obstáculo à sua frente. Fomos uma equipa cansada.

Os nossos miúdos mereciam o título, estão de parabéns por mais uma final, mas penso que o Salzburgo foi sempre mais equipa durante o jogo, mais unido e mais disponível do ponto de vista físico. É pena, mas em breve lá regressaremos. Força miúdos!

 

Violência:


Se há um aspecto positivo a retirar do surgimento de Bruno de Carvalho na presidência do Sporting é o de ter dado a oportunidade para os Sportinguistas se distinguirem dos lagartos. Tendo ele apelado ao ódio completamente irracional (e até suicida em termos de êxito próprio, mas isso já é outra conversa) ao Benfica, permitiu que se verificasse quem, de entre os adeptos verde-e-brancos à nossa volta, deixou cair a máscara e mostrasse o que, afinal, sempre pensou de nós.

Sobre este assunto, por ora, mais não digo do que já disse, pois uns à razão são surdos e outros não precisam que lhes reiterem a razão que é evidente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado às 08:10




4 comentários

De BENFICA365 a 25.04.2017 às 09:37

Meu caro:
(serei breve)...
Para mim foi uma completa surpresa a inteligência emocional da equipa.
Por norma face às condicionantes de ter brindado um golo ao adversário, demasiado cedo na partida, com o (coloque o adjectivo que pretender) roubo parido do boi arturinho (quem sai aos seus...), a liderança em risco, etc,etc e equipa sempre com a cabeça fria.
Neste aspecto creio que a equipa foi bem preparada para o dérbi.
Certamente e se não sabia, eu não estava nada, nada, nada, mesmo nada confiante para a partida e mesmo a começando a perder o jogo, com o passar dos minutos, gostava da postura da equipa, nem em termos de qualidade de jogo... a até podíamos perder mas senti-me seguro.

Outro pequeno pormenor de luxo, após a sua saída o Rafa mostrou-se frustado com a sua exibição. Vejo isto pelo lado positivo, se ele sente-se que é obrigado a melhorar, ele vai trabalhar, vai esforçar-se no fim ganha o Benfica...
(acabei por não ser tão breve como pretendia)

Aquele Abraço
Saudações Gloriosas

De Admirador do Isaías a 25.04.2017 às 10:16

Caro Benfica365,

Olhe que não foi só de sábado essa postura. É certo que nem sempre a tivemos, que trememos após a Taça da Liga e que houve alturas em que perdemos fulgor. Contudo, tome nota do número de lesões e consequentes perdas de ritmo e entrosamento.
Esperemos que este tal médico ex-Barcelona venha ajudar o departamento médico e a preparação física para se diminuir este grave problema que assola as equipas do Benfica desde há anos.

O Rafa quer, mas ainda não soube "perder-se" na equipa. Isto é, deixar de querer brilhar e entregar-se ao que é melhor para a equipa. Devia fazer a barba, como o Cávem em 61 e 62, nem que fosse como um símbolo pessoal de mudança de atitude.

Cumprimentos!
A.do Isaías

De BENFICA365 a 25.04.2017 às 11:22

Meu Caro:
Tenho que discordar de si...
Por isso é que afirmo que para mim foi uma surpresa a postura da equipa. Para mim foi a primeira vez que senti a equipa preparada emocionalmente para os perigos, as armadilhas que surgirão nestes últimos jogos.
Poderá até ser da carga demasiado emocional que coloco ao assistir aos jogos desta recta final de campeonato que esteja a toldar a minha razão... a nuvem emocional poderá estar a bloquear alguma racionalidade.
Respeitosamente, a minha análise difere da sua.
O objectivo é o mesmo, ao discordar não estamos a trair o Benfica, aliás é muito para isto que o Benfica nos convoca... a vontade tanta a minha como a sua é que a equipa mantenha a atitude!
Tudo o que possa debater Benfica é de saudar.

Saudações Gloriosas.

De Admirador do Isaías a 25.04.2017 às 11:47

Carissimo Benfica365,

Ora essa! Cada um vê o desempenho do Benfica à sua maneira e todos temos uma percepção diferente dos momentos das equipas. O Benfica como Símbolo, contudo é o que nos une e a legítima divergência de opinião é uma sinal de enorme sanidade.
A reacção mais fácil e instintiva, quando um grupo é atacado (como o Benfica o tem sido) é de se reunirem compactamente, sem qualquer desvio ou discordância. Contudo, o Benfica transcende essa mentalidade de "grupo", apesar de a ter também, com certeza. A divergência de opinião com o intuito de elevar sempre este presente entre nós. São os outros que acham estranho, não nós. :-)

Mas acho, sinceramente, que a equipa já tinha mostrado noutras alturas essa postura emocional. Terá de continuar a servir-se dela nos quatro jogos que faltam. Estão unidos e terão de se entregar como se cada jogo fosse o decisivo.

Abraço!
A.do Isaías

comentar



Admirador do Isaías

foto do autor


O verdadeiro Isaías!


Petição


Isaías celebra o TRI!


Rui Vitória


Campeões Eternos


Cosme Damião


Fehér, eterno 29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Pesquisar

  Pesquisar no Blog