Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Primeira Liga



Vícios Populistas

por Ao Colinho do Isaías, em 16.07.18
http://geracaobenfica.blogspot.com/2018/07/exclusivo-20172018-epoca-em-que-nao.html
(...)
A culpa, essa (porque, também no futebol, não pode morrer solteira), foi de quem teve a responsabilidade de não agir como era sua obrigação.
 
Eu sei que sabem que o modelo das vendas ... para agradar (pelo menos) aos agentes, não é o que quero para o Benfica.
 
Admiti que esse poderia ser o caminho (com um limite temporal muito bem definido) ... para sanear anos sucessivos de erros repetidos ... até descobrir que o caminho que julgava ser de recurso era a opção de quem mandava!
 
E isso levou-me a pôr condições para ficar (e, por isso, não fiquei). Saí!
 
Pelo meu pé ... que é uma coisa a que não estão habituados!
(...)

 

Nesse Caso, caro Rui Gomes da Silva, porque afirmou aquando da sua saída do Benfica «nunca serei oposição a Luís Filipe Vieira»? É que agora revela que, afinal, não saiu com «um abraço entre amigos», mas sim porque não acreditava no caminho.
Em que ficamos? Não acreditava na altura, mas recusou ser oposição? Agora já quer ser oposição e diz que na altura já não acreditava, mas saiu amigavelmente e reiterou que não se candidataria contra Vieira? É que ao afirmar isso na altura da sua saída, está por inerência a dar um voto de confiança ao rumo traçado - rumo esse em que agora, afinal, já diz que na altura não acreditava.

 

Se é para isto que se pretende mudança, prefiro ficar com o que tenho. Estes vícios populistas da política enojam-me ainda mais que os vícios mercantis. Ainda por cima, temos um exemplo rival recente do que é um populista presidente-adepto. Até concordo com um alternativa a Vieira, com certeza, mas para tal, há que ser melhor que ele e não apenas "ser adepto" e fazer oposição só dizendo mal e, ainda por cima, mentindo.

Já o referi antes, mas reafirmo: Há uma segunda fase da cultura do Terceiro Anel que foi nefasta ao Sport Lisboa e Benfica e seus elementos e atletas, e é essa cultura que aponta à necessidade de pureza clubística no que toca à gestão da vertente empresarial do Benfica. Obviamente que concordo que prefiro que todos os funcionários do clube sejam Benfiquistas desde pequeninos, mas se esse argumento serve para reimplantar essa tal segunda fase Terceiro-Anelista (aqueles que, ao invés de pressionar os adversários com o seu apoio ao Benfica, pressionavam os seus próprios atletas), com um caça às bruxas, prefiro a estabilidade presente.

 

A alternativa a Luís Filipe Vieira terá de vir de alguém que seja melhor que ele, a nível pessoal e a nível de competência. Para ser alguém igual ou pior, mais vale ficar o rumo presente. Não acredito em Rui Gomes da Silva, isto é, não acredito que ele seja melhor (seja pessoalmente, seja a nível de competência) que o actual Presidente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado às 10:42




6 comentários

De Anónimo a 16.07.2018 às 15:13

Muito bem visto! Tem razão em tudo o que diz! O senhor RGS é um demagogo!... Só tem uma coisa boa - é Benfiquista, mas isso não chega para ser Presidente do Benfica! Já o conhecemos de gingeira da política e não pelos melhores motivos! O Benfica não é o PSD!

De Anónimo a 16.07.2018 às 16:16

ok, então vamos ficar com negocios poucos claros, a passar por vergonhas sem ser devidamente defendidos e a lutar pelo 2° lugar da liga e os 1/8 da Champions! Com efeito o ADN do BENFICA mudou...Se é isto que vocês querem para mim esta tudo dito, ACABOU!

De Ao Colinho do Isaías a 16.07.2018 às 16:53

Caro anónimo,

Pela minha parte, aceito uma alternativa a Vieira (de quem já tenho afirmado não gostar), mas tem de ser melhor. Não chega mudar por mudar ou porque se está "farto" de uma coisa ou de outra.
Pela sua parte, está seguro que Gomes da Silva é a pessoa certa e de confiança para mudar isso tudo para melhor? Pronto, nesse caso tem o seu voto atribuído e faz bem.

Eu não vejo nele, pelo que já apontei, qualidades para ser melhor que o actual Presidente. O que vejo é alguém que faz o mais fácil enquanto oposição, que é apontar o que é mal feito e o que corre mal, mas limita-se a dizer que fará melhor e que com ele é diferente. Contudo, diferente como? Que modelo vai seguir, que vai mudar? Vejo nele alguém que é capaz de mudar logo de discurso no dia em que fosse eleito e se deparasse com a realidade em que o Benfica vive inserido. Todos este discurso de há meses não chega para me convencer o essencial: ele está a dizer o que pensa que os Benfiquistas querem ouvir quando Vieira falha.

Aguardo, contudo, por outros candidatos, melhores e com ideias e planos concretos como alternativa viável.

Cumprimentos,
A.do Isaías

De Anónimo a 16.07.2018 às 19:12

Isaias, uma coisa é certa, o homem teve 16 anos para devolver a gloria ao nosso clube e é o que se vê. Se lfv fica o maximo que teremos é isto portanto alguma coisa tem que mudar nem que seja somente para mexer com a bananeira: por vezes frente à uma dificuldade que se vai arrastando temos que fazer alguma coisa mesmo se isso não traz eficacia pelo menos houve acção e possibilidade de recriar algo de novo. a letargia da mediocridade leva nos à uma morte lenta. Seja RGS ou outro acho que qualquer um serve para mexer com a realidade desastrosa e durminhoca do Benfica actual: e lembro-te que um mandato é so quatro anos e se correr mal escolheremos outro mas por favor esse negocialismo, este burguesismo, esta mediania não: somos o BENFICA porra!
cumprimentos

De Ao Colinho do Isaías a 16.07.2018 às 19:29

Caro anónimo,

Olhando objectivamente, convenhamos que o cenário pintado por si não corresponde tal qual à realidade. Recordo que houve a promessa eleitoral anterior em que constavam três títulos de campeão, uma final europeia e cinquenta títulos nas modalidades - todos foram cumpridos e fomos a duas finais, não uma. Depois, tivemos Tetra e, não fosse a terrível época anterior, neste momento nem se falava tanto nisto. Dentro do contexto onde o Benfica está inserido, o Tetra (que foi alcançado durante o ataque mais terrível que alguma vez se viu em Portugal a uma instituição), os troféus, as finais e os títulos (inclusive internacionais) das modalidades nos últimos anos, correspondem a Glória. Nesse ponto, estamos em desacordo.

Agora, tal não quer dizer que não haja outro modelo e outra pessoa capaz de dar o passo seguinte, com certeza que sim! Aguardo por essa pessoa, por esse projecto e por essas ideias. Não vejo isso em Gomes da Silva e, até, pelo contrário, lhe reconheço oportunismo, hipocrisia e demagogia. Se é para mudar para isto, então ficamos com o oportunismo, hipocrisia e demagogia que confere estabilidade, caso contrário podemos correr o mesmo sério risco de aquando da saída de Jorge de Brito, que foi, na altura, uma forma de mudar a mentalidade de gestão para se experimentar algo novo e a realidade é que bastou um mandato de Damásio para deitar tudo a perder.

Quando Vieira sair, eu, como Benfiquista, quero um projecto para dar o próximo passo, não um Bruno de Carvalho de vermelho e branco.

Que essa pessoa e esse projecto se chegue à frente!

Cumprimentos,
A.do Isaías

De Anónimo a 18.07.2018 às 16:41

Caro Isaías, concordo inteiramente com a sua ultima resposta, e a sua analise está 100% correta.

comentar



Ao Colinho do Isaías

foto do autor


O verdadeiro Isaías!


Rui Vitória entre nós!


Jonas, um de nós!


Campeões Eternos


Fehér, eterno 29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog